Fotos e Preços da Raça de Cachorro Xoloitzcuintli

A incrível história por trás da antiga raça de cão do México

Uma das raças mais raras e originais de cachorro do mundo, o Xoloitzcuintli ou Xolo, existe a muito tempo. Também conhecido como o “cão careca mexicano,” estes (normalmente) carecas, são belezas antigas reverenciadas por sua calma e lealdade.

Apesar de sua longa história e reputação, a raça Xolo permanecem bastante raro e um filhote pode custar entre R$ 1600 a 4000.

A palavra Xoloitzcuintli vem de “Xolotl”, o deus asteca do submundo, e “Itzcuintli”, é a palavra asteca para cachorro. O nome da raça é difícil de soletrar, e ainda mais difícil de pronunciar, mas não se preocupe: você pode simplesmente chamá-los Xolo.

Por ser um cão sem pelos, devido a caracteristica recessiva, cerca de um em cada cinco Cachorros Xoloitzcuintli vão nascer com pêlos. Xolos com pêlos pode não parecer tão notável, mas eles são tão inteligentes, leais, e amáveis como os seus homólogos carecas.

O Xoloitzcuintli é um cão de tamanho médio, corpo elegante, olhos amendoados, orelhas de morcego, e um pescoço longo e elegante. Mas nem todos os Xolo tem tamanho médio. Existem agora três classes de Xoloitzcuintli, com peso variando de 4-14kg.

Origem do Xoloitzcuintli

O Cachorro Xoloitzcuintli é conhecido como “o primeiro cão das Américas”, porque foi um dos primeiros cães a serem domesticados por humanos, e existem no México por mais de 3.000 anos.

Os arqueólogos descobriram estátuas de cerâmica e barro de cães quase idênticos ao atual Xolo em túmulos Maia, Colima e índios astecas. Essas tribos antigas reverenciavam os cães por suas supostas qualidades de cura, e se aconchegavam a eles à noite para se aquecer.

Xolos também fazem parte da história da arte do século 20, tendo aparecido na vida e em obras de artistas famosos Diego Rivera e Frida Kahlo. Rivera e Kahlo, que são famosos por seus respectivos trabalhos de arte, bem como a sua longa, relação tumultuada, tinham cachorros Xolos. A obra de Kahlo inclui uma famosa representação de seu cão favorito, Señor Xototl.

Lendas e mitos

Segundo a lenda asteca, o Xolo surgiu quando o deus da morte, Xolotl, criou um cão com o “Osso da Vida”. Xolotl deu o cão ao Homem e instruiu-o para guardá-lo com sua vida. Em troca, o cão iria guiar o homem através do submundo no caminho para os céus. Com uma história de origem assim, é fácil ver por que Xolos são celebradas como o cão nacional do México.

Na recente mitologia americana, Xolos foram ligado ao Chupacabra, uma figura do folclore latino-americano que ataca animais da fazenda. Chupacabras provavelmente não existem, mas alguns entusiastas da lenda urbana acreditam que suas origens pode estar no cão careca de aparência incomum.

Curandeiros e protetores

Na tradição asteca, Xolos eram vistos como guardiões, afastavam os intrusos e espíritos malignos. Eles também foram creditados por ter propriedades curativas, e é fácil perceber porquê; sem pele manter o calor no corpo, eles irradiam mais calor do que outros cães, e são eficazes “cobertores” em noites frias.

Xolos ainda são usados como curadores reconfortantes em remotas aldeias do México e da América Central. Acredita-se que eles são capazes de prevenir e curar doenças, incluindo asma, dores de dente, insônia e reumatismo.

Enquanto a ciência moderna tem desmascarado a ideia de que Xolos pode curar, como qualquer outro cão, eles podem oferecer benefícios para a saúde como diminuir a pressão arterial e aliviar o estresse e a solidão.

Com tipo distinto, personalidade vigilante, e incrível  história, Xoloitzcuintlis são cães realmente especiais. Mas eles são cães ideias para você?

– Um ambiente calmo, sem crianças pequenas (embora Xolos podem ser cães bons para família, sua natureza protetora significa que eles não são a melhor opção para crianças pequenas)
– Ele precisa ser treinado de forma positiva, porque os  Xolos são especialmente sensíveis e inteligentes, eles não se dão bem com repressões.
– Ele precisa de banhos e hidratação frequente para manter seu corpo sem pêlos sempre saudáveis
– Ele precisa de protetor solar no verão (porque é propenso a queimaduras solares) e roupas quentinhas para o inverno.

raca-de-cachorro-xoloitzcuintli-1 raca-de-cachorro-xoloitzcuintli-2 raca-de-cachorro-xoloitzcuintli-3 raca-de-cachorro-xoloitzcuintli-4 raca-de-cachorro-xoloitzcuintli-5 raca-de-cachorro-xoloitzcuintli-6

raca-de-cachorro-xoloitzcuintli-7 raca-de-cachorro-xoloitzcuintli-8




Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *