Fotos de Raça de Cachorro New Guinea Singing

Esses cães são capazes de variar o tom de seus uivos o que faz parecer que eles estão cantando

Também conhecido como o Dingo da Nova Guiné ou o Cão Selvagem da Nova Guiné, o Cachorro New Guinea Singing é uma raça de cães selvagens nativa da Nova Guiné. Esta raça é nomeada por sua forma única de vocalização – esses cachorros são capazes de variar o tom de seus uivos em combinação com vários latidos e gargalhadas que fazem parecer que eles estão cantando. Esses cães são raros e estão intimamente relacionados com cachorros selvagens, e, não são uma boa opção para um animal doméstico. É preciso um bom trabalho para domar essa raça, mas, uma vez que estejam domados, eles se tornam intimamente ligados aos seus companheiros humanos.

Origem

O cachorro New Guinea Singing é nativo da ilha da Nova Guiné, onde foi uma raça de cachorro selvagem por muitos séculos. O primeiro cão deixou a ilha em 1897 para ser estudado por naturalistas – foi a única espécime disponível para estudo até 1954. Em 1956, alguns cães New Guinea Singing foi obtido por Albert Speer e JP Sinclair – os cães foram enviados para o jardim zoológico de Taronga na Austrália para estudo. Cachorros New Guinea Singing que são mantidos como animais de estimação foram criados em cativeiro, embora também haja esforços de conservação no local com o objetivo de preservar a raça em seu habitat nativo.

Pedigree

O New Guinea Singing é uma rara raça de cães selvagens que é nomeada pela sua forma única de vocalização. Existe uma grande controvérsia quanto à classificação taxonômica desta raça. Em 1958, os espécimes no zoológico de Taronga foram estudados em profundidade e classificados como uma espécie distinta, dado o nome de Canis Hallstomi. Desde 1958, a raça foi reclassificada várias vezes, muitas vezes como uma variante do Dingo selvagem e do cão doméstico. Mais comumente, New Guinea Singing é classificado como uma raça de cão doméstico ou como uma espécie separada inteiramente. Outros pesquisadores provaram que o New Guinea Singing é uma combinação genética com o dingo australiano.

Dieta

O New Guinea Singing é um cão de tamanho médio, mas também uma raça altamente ativa. Na natureza, esta raça come pequenos marsupiais, roedores, aves e frutas de tamanho médio. Em cativeiro, o New Guinea Singing tem uma dieta baseada em ração composta de carnes magras.

Treinamento

Os cachorros New Guinea Singing são uma raça altamente inteligente que pode ser treinada. Como esses cães estão intimamente relacionados com cachorros selvagens, no entanto, eles podem não se relacionar bem com humanos e ser complicado de doar. Por este motivo, recomenda-se treinamento inicial e socialização. Os métodos de treinamento de reforço positivo são melhores e um treinamento consistente é necessário.

Tamanho/Peso

Os cachorros New Guinea Singing medem entre 24 e 36 centimetros de altura e pesa entre 8 e 13 quilos na maturidade.

Temperamento / Comportamento

Amaior parte do cachorros New Guinea Singing é amigável com as pessoas, embora possam ser um pouco timidos no início. Esses cães são altamente inteligentes e pode ser difícil domesticá-los e treiná-los. New Guinea Singing são conhecidos por ser artista em escapadas, capazes de escalar e pular para escapar. Uma vez domesticados, esses cães tendem a se unir estreitamente com seus companheiros humanos e podem se tornar muito afetuosos. New Guinea Singing podem ser até agressivos em relação a estranhos e outros cães.

Problemas comuns de saúde

O New Guinea Singing está muito relacionado aos cachorros selvagens e, como tal, é uma raça resistente e saudável. Esta raça tem boa genética e não são propensos a quaisquer condições graves herdadas. Como é verdade para todas as raças, práticas de reprodução responsáveis ​​e testes genéticos podem ajudar a reduzir o risco de problemas de saúde. A expectativa de vida média desta raça é de entre 15 a 20 anos.

Uma vez que esta raça está tão intimamente relacionada com cachorros selvagens eles possuem uma grande necessidade de exercícios e podemm exibir uma tendência para comportamentos problemáticos, se não se exercitarem com frequência. Esta raça também é altamente inteligente, por isso requer uma boa dose de estimulação mental além da estimulação física.




Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *